Ervas em vasos

28102017 - ervas em vasos
Share Button
Plante 3 ervas em vasos e economize R$233,00 por ano

Sem tempo para uma horta? Então vou contar o meu exemplo e você verá como é fácil melhorar a qualidade da sua alimentação, reduzir os níveis de estresse e ainda fazer economia.

28102017 - 1

Como 3 vasinhos melhoraram a saúde da minha família

Tudo começou com 3 vasos auto irrigáveis: meu marido comprou unidades coloridas destes vasos e empolgado, 3 mudas: uma de cebolinha, outra de salsinha e uma de manjericão.

Por serem coloridos, os vasos, de aproximadamente 16cm de diâmetro, deixaram a bancada da churrasqueira mais animada. Como possui um reservatório para água, não precisamos irrigar todos os dias.

 

Vasos auto irrigáveis: assim é fácil plantar e cuidar da horta.

Antes eu comprava um maço destas ervas e não chegava a consumir tudo… em uma semana estavam estragadas. Muitas vezes se tornava uma “obrigação” usá-las, para evitar o desperdício, então deixei de comprá-las várias vezes, para só o fazer quando desse muuuiiita vontade. Sei que poderíamos congelar, mas nem sempre isso foi feito.

Depois que compramos os vasinhos e as mudas, passamos a buscar apenas o necessário na mini hortinha. Além disso, é com prazer que faço a “colheita”, pois são ramos fresquinhos e sei que estão livres de pesticidas e fungicidas.

 

Cebolinha: ajuda a desintoxicar o organismo, melhora o sistema imunológico, aumenta a absorção do ferro, ajuda a prevenir o câncer de estômago e colorretal, dentre tantos outros benefícios. 

Parei também para pensar sobre os benefícios econômicos desta escolha: no meu caso, com um consumo pequeno, passamos a economizar cerca de R$0,65 por dia, o que resulta num saldo positivo de R$233,00 em um ano (abaixo explico detalhadamente esta conta).

E ainda existe algo que não podemos mensurar: o prazer que o verde traz para os olhos e para a alma.Ah! E este pequeno detalhe trouxe momentos em família prazerosos: quando sentamos no jardim, olhamos o crescimento das plantinhas, conversamos sobre elas, e o sentimento é de bem-estar e satisfação (não preciso nem dizer que com crianças isso torna-se ainda mais intenso).

Cebolinha, salsinha e manjericão crescem muito facilmente em vasinhos.

 10 Motivos para cultivar uma mini horta em casa

Facilmente consegui listar estes benefícios:

  1. Vários temperos podem ser plantados em vasos;
  2. Usar vasos auto irrigáveis facilita a manutenção das plantinhas, especialmente nos períodos de viagem ou mesmo de correria do dia-a-dia;
  3. O verde acalma a mente e reduz o estresse;
  4. Reduzimos o estresse quando voltamos nossa atenção para uma atividade totalmente diferente da que estamos acostumados a executar no decorrer do nosso dia;
  5. Temos a chance de reunir a família em torno de algo positivo e que envolve, estimulando a conversa e o trabalho em equipe;
  6. Comemos um alimento saudável, livre de agrotóxicos;
  7. Passamos a conhecer melhor sobre o que estamos comendo, suas propriedades e indicações;
  8. comida torna-se mais saborosa, visto que os temperos são frescos;
  9. Decoramos o ambiente, personalizando o espaço, tornando-o mais convidativo;
  10. Economizamos alguns reais e evitamos o desperdício.

Temperos frescos e saudáveis: um convite para o bem-estar.

 Filosofando sobre o custo e a economia

Um maço de cebolinha custa em média R$2,00. Se comprarmos 1 maço por semana, estamos gastando aproximadamente R$8,00 por mês. Em um ano, este valor será de R$96,00. Portanto:

  • Custo anual – cebolinha: R$96,00

Se optarmos por comprar um vaso, no caso auto irrigável, de 16cm de diâmetro por 14cm de altura, gastaremos algo em torno de R$22,00 (ref.: janeiro, 2017). Somando o valor da terra e da muda de cebolinha, podemos arredondar este valor para R$25,00.

Se a conta fosse simples, poderíamos dizer que a partir do 4º mês já teríamos economia, pois o valor teria retornado. Pesquise modelos e valores: Vasos e Pratos - Submarino

  • Investimento inicial: R$25,00 

No entanto, precisamos lembrar que um pé de cebolinha não rende como um maço e tudo dependerá do consumo. Então teremos de comprar e plantar outras mudas, somando um custo a cada 1 ou 2 meses, certo?

Agora nossa conta começa a ficar complexa… no meu caso, se tivesse apenas um pé, precisaria de 1 muda a cada 2 meses. Ou seja, R$2,00? Em um ano seriam mais 5 mudas, ou seja, R$10,00.

  • Investimento de “manutenção” das mudas: R$10,00 

Sendo assim, neste primeiro ano gastaríamos R$35,00. Mas deixaríamos de gastar com a compra dos maços, o que seria R$96,00, resultando em um “lucro” de R$61,00.

  • Lucro no primeiro ano: R$61,00 

Já a partir do segundo ano, este lucro seria maior, pois não teríamos de adquirir o vaso e o saldo positivo seria de R$86,00.

  • Lucro em cada ano subsequente: R$86,00 

Esta conta é bem simplificada, mas vamos considerar que isso vale para as 3 mudas (salsinha, cebolinha e manjericão). Nosso lucro, no primeiro ano seria de R$183,00. E no segundo ano seria de R$258,00. E se fizermos uma conta de 3 anos (para termos uma estatística mais próxima do real)?

Resumidamente, teríamos R$699,00 a mais no bolso e muitos outros benefícios na rotina e na saúde.

  • Lucro – média anual (considerando 3 anos e 3 ervas produzidas): R$233,00 
Dividindo experiências

Foi pensando nestes detalhes que surgiu a necessidade de dividir este artigo com vocês: este é um “investimento” com retorno certo! Espero que tenham gostado ;)

Caso tenham exemplos para compartilhar, deixem seu comentário logo abaixo. Adoraria saber como foi ou está sendo a experiência de vocês.

 

A partir dos 3 vasinhos, adquirimos outros 3 e então sentimos a necessidade de misturar ervas e folhas, como alfaces de diferentes texturas, em nosso paisagismo. 

Fonte: CliqueArquitetura

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>